Intro Android – Configurando um emulador

Intro Android – Configurando um emulador

E ae ferão? Blz??

Vamos configurar um device para rodar nossos apps??? Você verá o quão simples é a configuração de um AVD no Android Studio. Leia Mais

Intro Android – Hello World

Intro Android – Hello World

E ai ferão! Tudo certo?

Vamos começar a desenvolver aplicativos móveis? Se sua resposta for sim, certifique-se de que este poderá ser um caminho sem volta, pois você provavelmente ficará apaixonado por esse gigantesco mercado de oportunidades na área de TI. Leia Mais

Consumindo uma API – Parte II

Consumindo uma API – Parte II

Vamos continuar com o consumo de nossa API. Se você não leu a primeira parte, pode acessar aqui.

Um dos principais problemas (agora sim, problemas) da nova arquitetura é a performance consumindo API. O que antes era abrir conexão de banco, fazer consulta e voltar os resultados, agora é abrir um protocolo http, mandar a requisição, esperar o servidor pegar os dados, transformá-los em json, recebe-los, transformá-los em objeto e mostrá-lo. Então, podemos ter um gargalo na nossa aplicação que antes nem pensávamos na possibilidade de existir! Leia Mais

X-CRUD – Velocidade nos Freelas

X-CRUD – Velocidade nos Freelas

Você que vive fazendo freelas, passa suas noites escrevendo CRUDs enquanto seus amigos vão pro bar ou balada, você que faz áreas administrativas para os sites do seus clientes, esse post é pra você. Uma ferramenta barata e que realmente vai te ajudar sem tirar seu domínio sobre o código.
Leia Mais

Consumindo uma API – Parte I

Consumindo uma API – Parte I

Atualmente, a moda das arquiteturas de sistemas é focada para microservice. Isso comporta uma série de vantagens, mas ao mesmo tempo que desaparecem certos cenários, outros menos frequentes antigamente, aparecem mais. No caso que nos ocupa é o consumo (e produção, claro) de API.  Se não está muito claro para você, da uma lida na entrada sobre O que é um microservice.

Escolhi a palavra cenário para não escrever problema, pois de fato não é um problema, só um cenário diferente inerente à mudança de paradigma. O objetivo desse post é mostrar sem aprofundar uma ferramenta interessante para o consumo de API e uma possível configuração para ambientes de desenvolvimento. Numa segunda parte, mostraremos uma possibilidade para melhorar a performance de nossa aplicação cliente. Leia Mais

Data-Binding: Entendendo a mágica do AngularJS

Data-Binding: Entendendo a mágica do AngularJS

Introdução

BEM… Hoje irei explicar como é realizado o Data-Binding por baixo dos panos no AngularJS. Esse “tão” famoso Data-Binding que o AngularJS trouxe transformou a área de Front-End com uma abordagem muito simples.

Droga, alguns de vocês devem estar pensando “poxa, é famoso essa fita de Data-Binding, mas me explica, o que ele faz?”. Leia Mais

meme-5473-calma-nao-tenha-pressa

WebDriverWait – Fazendo o Selenium esperar

No dia a dia de automação de testes encontramos problemas com a velocidade da execução dos testes. Acontece que, quando fazemos os cliques manualmente, é natural esperarmos uma resposta do sistema para clicarmos novamente. Existe um grande trabalho de usabilidade para dar os melhores feedbacks ao usuário.
No mundo virtual da automação de testes isso não existe. Nosso driver não sabe que deve aguardar uma notificação de sucesso, ou um alerta de confirmação. Ele não entende que ao clicar em um botão, deve esperar uma resposta, ou até mesmo a página carregar. Vamos ensiná-lo. Leia Mais

Projeto Java – Parte 3 – Spring Data JPA

Projeto Java – Parte 3 – Spring Data JPA

Vamos continuar com a terceira parte da série Projeto Java e vamos apresentar algumas ferramentas interessantes.

Para poder ter alguma coisa específica, continuaremos o desenvolvimento de nosso projeto. Fizemos nosso planejamento, priorização e estimativa (mentiiiiraaaa) e a seguinte tarefa para puxar é o cadastro de candidatos. Como explicamos no post sobre processo, as vezes podemos identificar que uma história é na realidade um épico, pois é fácil identificar varias histórias menores nela. Leia Mais

Por trás da programação funcional do JAVA 8

Por trás da programação funcional do JAVA 8

Ultimamente, o termo programação funcional tem sido bastante usado e discutido na maioria das comunidades de desenvolvedores. Basta uma simples pesquisa no Google que veremos inúmeros resultados, diversos posts onde tentam explicar a origem, o que consiste, benefícios etc. Por esse motivo não vamos abordar a parte conceitual de programação funcional nem como programar funcional com java, vamos direto ao ponto, como o java 8 se comporta com programação funcional e se podemos considerá-lo uma linguagem funcional, o objetivo deste post é analisar se o java 8 de fato é funcional ou se ele ainda será.

Sim, em pleno 2017 eu ainda falando de java 8 (culpa da Oracle que não lança logo o 9 para testarmos e escrevermos posts novos). Então, se você programa em java 8 há algum tempo, já foi até a quinta página de resultados do Google pesquisando sobre java 8 e como funciona a a programação funcional nele, provavelmente esse post será mais do mesmo para você, caso use java 8 e seu conhecimento teórico e conceitual ainda seja fraco (e deseja melhorar), continue lendo, é para você mesmo que estou escrevendo.

Leia Mais

Reduzindo código com projeto lombok utilizando intellij

Reduzindo código com projeto lombok utilizando intellij

Fala galeraaa !

Está cansado de códigos java repetidos muitas vezes? Malditos getters, setter, constuctors etc. Vou apresentar aqui pra vocês um carinha bem legal chamado lombok.

O que é o projeto lombok ?

O projeto lombok visa reduzir esses vilões da linguagem java, simplesmente substituindo-os por um conjunto de anotações. O projeto lombok é capaz de injetar código imediatamente tornado se disponível para o desenvolvedor para mais informações.
Leia Mais